Aula 7.3: Estrutura sistema de arquivos Linux

COMPARTILHAR:

Aula 7.3 - Entenda o sistema de arquivos do Linux pelo terminal shell

 

Este artigo faz parte do projeto #LTCode

Um sistema de arquivos utiliza uma estrutura similar a uma árvore invertida, uma estrutura hierárquica. Sabendo disso, o diretório raiz seria a raiz da arvore que cresce para baixo com caminhos conectando diretórios e arquivos. Diretórios diretamente conectados por um caminho são chamados de Pais, os próximos da raiz e de Filhos os afastados da raiz. Um caminho de arquivo (pathname) é uma série de nomes que criam um traço do caminho passando pelos ramos de um arquivo a outro

No Linux, o diretório raiz é representado por uma barra "/" sozinha no lado esquerdo de um caminho de arquivo.

Embora variado, o tamanho máximo do nome de um arquivo tipicamente é de 255 caracteres. É recomendado evitar espaços em nomes de arquivos, pois o espaço é um caractere especial, portanto para referenciar esse arquivo no terminal é necessário colocar entre aspas ou escapar com um outro caractere especial.

Vamos a umas definições importantes:

  • Caminho absoluto
Um caminho absoluto começa com uma barra "/" que representa o diretório raiz, essa barra pode ser seguida pelo nome do arquivo localizado em algum diretório. Resumindo em um caminho absoluto todo o caminho é fornecido. Vale salientar que uma forma de caminho absoluto é usar o símbolo til "~" seguido de uma barra "~/" no começo do caminho de um arquivo para expandir para o diretório pessoal do usuário.
  • Caminho relativo
Um caminho relativo é qualquer diretório que não começa do diretório raiz "/" ou por um til "~" . Portanto ele traça um caminho a partir do diretório de trabalho atual até um arquivo, ou seja, é relativo ao diretório de trabalho. Resumindo, apenas parte do caminho é fornecido.


O Linux utiliza o Filesystem Hierarchy Standard (FHS), um padrão para organização da estrutura de diretórios, padroniza nomes e localizações dos principais diretórios do sistema. Assim temos os diretórios compartilháveis e não compartilháveis. O primeiro são diretórios distribuídos entre diferentes máquinas, por exemplo diretórios pessoais. Já os não compartilháveis são diretórios específicos a um dado sistema, por exemplo arquivos de dispositivos. Abaixo listamos os principais diretórios:

  • / : diretório raiz, presente na estrutura de todo sistema de arquivos Linux.
  • /bin : contém comandos binários essenciais, armazena os arquivos necessários para inicializar o sistema e executá-lo.
  • /boot : possui arquivos estáticos do bootloader, contém todos os arquivos necessários para dar boot no sistema.
  • /dev : contém todos os arquivos que representam dispositivos periféricos, como drivers de disco, terminais e impressoras já que no Linux tudo o que existe dentro da máquina pode ser tratado como sendo um dispositivo.
  • /etc : mantém arquivos de administração, configuração e outros de sistema. Um dos mais importantes é /etc/passwd que contém uma lista de todos os usuários que possuem permissão de usar o sistema.
    • /etc/opt : Arquivos de configuração para pacotes opcionais mantidos em /opt
    • /etc/X11: Arquivos de configuração para o sistema de janela X
    • /etc/modules.conf : Módulos de Kernel lidos no momento do boot.
  • /home : contém diretórios pessoais de usuários, cada diretório pessoal do usuário é tipicamente um de muitos dos diretório no /home. 
  • /lib : contém bibliotecas compartilhadas, necessárias para carregar o sistema (boot) e execução dos comandos localizados na raiz do sistema de arquivos.
    • /lib/modules : contém os módulos do kernel
  • /media : ponto de montagem para dispositivos do sistema como rede, pendrives, CD-Room, etc.
  • /mnt : pontos de montagem para montar sistemas de arquivos temporários, 
  • /opt : pacotes de software opcionais, instalados pelo usuário (não pelo gerenciador de pacote).
  • /proc : sistema de arquivo virtual com informações do kernel e processos
    • /proc/bus/pci : dispositivos PCI
    • /proc/cmdline : parâmetros passados ao kernel durante inicialização
    • /proc/cpuinfo : informações sobre a CPU
    • /poc/dma : dispositivo DMA
    • /poc/filesystem : sistema de arquivos suportado
    • /poc/interrupts : quais dispositivos estão usando as interrupções do sistema
    • /poc/ioports : portas de entrada e saída
    • /poc/module : módulos carregados
    • /poc/meminfo : informações sobre a memória
    • /poc/mounts : partições existentes
    • /poc/scsi/scci : dispositivos SCSI e comandos scsi_info
  • /sbin : arquivos binários usados para no processo de boot e administração do sistema, executados somente pelo super usuário root.
  • /sys : pseudo sistema de arquivos para dispositivos.
  • /srv : responsável pelo armazenamento e compartilhamento de dados de serviços do sistema.
  • /tmp : contém arquivos temporários criados por alguns programas.
  • /root : diretório home do super usuário root, portanto é o único usuário que possui seu diretório fora da pasta /home.
  • /usr : segunda maior hierarquia de diretórios, dados compartilháveis apenas para leitura.
    • /usr/bin : contém maioria dos comandos de usuários.
    • /usr/games : jogos e programas educacionais
    • /usr/include : arquivos de cabeçalhos usados por programas em C/C++.
    • /usr/lib : bibliotecas compartilhadas do /usr/bin e /usr/sbin.
    • /usr/local : armazena arquivos e diretórios de importância local.
    • /usr/sbin : contém binários de administração de sistema não-vitais.
    • /usr/share : contém dados independentes de arquitetura.
    • /usr/share/doc : documentações.
    • /usr/share/info : diretório principal do sistema GNU info.
    • /usr/share/man : manuais online.
    • /usr/src/ : código-fonte do kernel.
  • /var : contém arquivos com conteúdo que variam durante a execução do sistema.
    • /var/cache : cache de dados de aplicações.
    • /var/log : contém lastlog (registro do último login de cada usuário), messages (mensagem de sistema do syslogd) e wtmp (registro de todos os login/logout), entre outros.
    • /var/spool : contém dados de aplicação spool, como anacron, at, cron, lpd, main, mqueue, samba e outros diretórios. Tarefas em espera para execução.
    • /var/lock : arquivos de lock usados para manter controle sobre recursos em uso.
    • /var/run : usado por aplicativos para indicar que está sendo executado.
    • /var/mail : arquivos de email.
    • /var/opt : arquivos temporários dos programas localizados em /opt/ .
Próxima aula, clique aqui.

COMENTÁRIOS

Nome

#ann,24,#HK,30,#LTCode,90,Artigo - Diversos,160,Artigo - Games,198,Artigo - Tecnologia,569,autor-thomaz,7,Coluna - Alternative World,24,Coluna - Fail,12,Coluna - Tec Line,14,Criptomoeda,64,Curiosidades - Diversos,49,Curiosidades - Tecnologia,50,en,2,estudo,7,HN,12,logica,14,Programar C,29,Programar POO,6,Programar Python,6,Programar Shell,8,Programar verilog,12,Raspberry Pi,13,Redes,3,root,86,Shorty Awards,1,Smartphones - Reviews,33,Teoria,10,Top Nostalgia,2,VPN,17,WhatsApp,45,
ltr
item
Limon Tec: Aula 7.3: Estrutura sistema de arquivos Linux
Aula 7.3: Estrutura sistema de arquivos Linux
Aula 7.3 - Entenda o sistema de arquivos do Linux pelo terminal shell
https://1.bp.blogspot.com/-Vv6C0DkQgY0/WG_EGTY1EhI/AAAAAAAAFcs/qphwk8Z4UdkFSQu0zbS5xoZ_9_KovVlJACLcB/s640/ltcode.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-Vv6C0DkQgY0/WG_EGTY1EhI/AAAAAAAAFcs/qphwk8Z4UdkFSQu0zbS5xoZ_9_KovVlJACLcB/s72-c/ltcode.jpg
Limon Tec
https://www.limontec.com/2022/06/aula-7-3-shellscript-ltcode.html
https://www.limontec.com/
https://www.limontec.com/
https://www.limontec.com/2022/06/aula-7-3-shellscript-ltcode.html
false
2157924926610706248
UTF-8
Carregar todos posts Não encontramos nenhum post VER TUDO Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS POSTS Ver tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO SEARCH TODOS POSTS Não encontramos nenhum post relacionado a sua requisição VOLTAR PÁGINA INICIAL Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez apenas agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe com seus amigos PASSO 2: Clique no link compartilhado Copiar Todo Código Selecionar Todo Código Todos códigos foram copiados para seu clipboard Não é possível copiar códigos / textos, por favor aperte [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Tabela de conteúdo