26 dezembro 2015

Como o Youtube revolucionou a forma de assistir e criar conteúdo? - Moda Youtuber

Fundado em fevereiro de 2005  e lançado em versão beta em maio de 2005, o Youtube revolucionou a forma de você assistir e criar conteúdo.

O primeiro vídeo do Youtube é protagonizado por um dos fundadores do YouTube, postado em abril de 2005.
Usando a tecnologia Flash, o usuário não precisava se preocupar em qual formato de vídeo enviar seu arquivo, pois seu vídeo seria convertido e reproduzido em Flash, na época era necessário compreender sobre codecs de vídeo para fazer upload em sites de vídeo (sim, existiam aproximadamente 280 outro sites e o YouTube foi o último a ser lançado no mercado), assim usuários leigos conseguiriam utilizar o YouTube para enviar seus vídeos. 

Seria este o primeiro passo para a revolução na forma de assistir e criar conteúdo?

Talvez, permitindo incorporar vídeo em outros sites e exibindo o número de visualizações de cada vídeo, somente em setembro de 2005 surgia o primeiro vídeo viral.
O vídeo acima, também foi o primeiro a  ultrapassar um milhão de visualizações no site. 

O YouTube só saiu do beta em dezembro de 2005, depois de receber um investimento de US$ 3,5 milhões da Sequoia Capital. Isso os permitiu investir em servidores e aumentar sua largura de banda.

O YouTube foi adquirido por US$ 1,65 bilhões pela Google, o negócio foi anunciado em outubro, quando o site ostentava mais de 700 milhões de visualizações por semana. Mas o site não gerava receita, sem anúncios e sofrendo processos por causa de envios de vídeos que feriam direitos autorais, a Google criou o Content ID para o YouTube: uma forma de identificar material com copyright, e permitir ao detentor dos direitos autorais decidir o que fazer – removê-lo, receber a receita de anúncios, ou permitir que o vídeo permaneça online.

Mas isso não resolvia o principal problema, como ganhar dinheiro com uma plataforma de vídeos que vale milhões no mercado? Então, em 2007 o YouTube lançou seu Programa de Parceria, para que criadores de vídeos fossem pagos por seu conteúdo viral. Isso estimulou o envio de vídeos originais, aumentando o tráfego do site de forma legítima. Assim surgiram clássicos como uma criança mordendo o dedo de seu irmão e depois sorrindo.

Em 2009, o Google fechou uma parceria com empresas de música – que se queixavam de pirataria no YouTube – para continuar distribuindo seu conteúdo no site: assim nascia o serviço de música Vevo. Como parte do acordo, o YouTube tinha permissão de exibir videoclipes de grandes gravadoras.

Em 2012, o YouTube lançou uma enorme iniciativa entre departamentos com o codinome “InnerTube”. O objetivo: unificar o desenvolvimento de apps e fazer o site sair da idade das trevas, pois as pessoas estavam assistindo a vídeos em blogs, sites de notícias e mídias sociais – exceto no YouTube.

O InnerTube acabou sendo uma revisão completa no processo de desenvolvimento do YouTube. As mudanças podem agora ser facilmente desfeitas, também, oferecendo aos desenvolvedores a liberdade de experimentar novos recursos de uma forma que não era possível antes.

Mas vamos ao que interessa, o fenômeno "Youtuber".
Busca pelo termo Youtuber no Brasil - Google Buscas

Comparação youtuber vs fazer vídeo - Google Buscas
O termo Youtuber surgiu para designar aquele ou aquela que faz vídeos e postam na plataforma online de vídeos YouTube. 

O sucesso de um Youtuber é graças a conteúdos autorais, de qualidade e programados, enquanto outros apenas se tornam virais passageiros. Conseguir um público hoje é difícil se seu conteúdo não for inédito. 

Por isto muitos Youtuber pequenos procuram parcerias com canais grandes para conseguir um público. É assim que muitas Networks estão trabalhando, dividindo o público entre os canais parceiros. Recomendo ler: Entenda o que é Networks e porque estão mudando o Youtube, clique aqui.

Os canais com vídeos virais, possuem mais visualizações que inscritos tornando o processo de postar vídeos não rentável, enquanto outros canais com mais inscritos que visualizações são rentáveis já que possuem um público fixo abrindo a possibilidade do Youtuber se dedicar a este canal e viver com renda retirada somente dele e com anúncios de marcas famosas em seus vídeos.

Então boa sorte para quem está começando :) 

*Obrigado recentemente aos 6 mil inscritos em nosso canal youtube.com/limontec

Fonte: Gizmodo 1, 2


Publicidade:


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...