03 outubro 2015

Quem inventou a Internet? E porquê?



Legenda transcrita:

Então, você já se perguntou quem realmente inventou a internet?

Algumas pessoas têm se tornado zilionárias graças à internet.

Mas todas elas criaram meios inteligentes de usar a internet.

Então a pessoa que "inventou a internet" deve ser gazilionária equivalente a, digamos, Deus, não?

Quem deve ganhar o crédito, afinal?

Um nerd Britânico em um laboratório subterrâneo na Suíça?

Talvez

Americanos inteligentes ameaçados de aniquilação nuclear por Russos?

Ótima ideia.

Cientistas franceses que decidiram chamar sua rede de computadores de "Le Inteau net"?

Atraente.

Ou foi graças a um monte de cientistas espertos trabalhando em algo que eles sabiam que era útil, mas não perceberam quão grande seria?

Bem, vamos tentar e obter uma linha de fatos.

Há a internet, todo um conjunto de computadores conectados uns aos outros, e depois há a World Wide Web (Ampla rede mundial), um meio de torná-lo mais fácil de partilhar informação usando todos aqueles computadores interligados.

A internet como nós conhecemos hoje ficou pelo menos 40 anos sendo feita.

Uma popular mas errônea história é que a internet foi desenvolvida pelos EUA então eles tinham uma rede de comunicação que poderia sobreviver a uma guerra nuclear.

De acordo com um dos fundadores da primeira rede, a ARPANET, na década de 1960,

Esse primeiro experimento com rede não foi para comunicação de todos;

Foi para otimizar o uso de processador ou tempo compartilhado, o que basicamente significa que cientistas poderiam partilhar toda a potência do computador, também.

Isso foi porque até a década de 1960 havia quase nenhuma rede - você tinha grandes máquinas chamadas mainframes que ocupavam uma sala e processavam tarefas, uma de cada vez.

Com tempo compartilhado, esses gigantes poderiam processar várias tarefas ao mesmo tempo, ou seja, sua potência poderia ser usada por vários cientistas de uma vez.

E, obviamente, uma vez que você começa a conectar computadores juntos, você começa a pensar sobre o que precisa fazer para tornar mais fáceis as comunicações entre eles.

Cientistas do mundo tentavam resolver esse problema.

Então vamos ver outros conceitos-chave que foram criados em outros lugares.

Começando com comutação de pacotes.

Na Grã Bretanha, havia uma rede comercial, desenvolvida pelo Laboratório Nacional de Física, mas que nunca decolou porque não tinha financiamento.

Mas eles subiram com a ideia da comutação de pacotes, um caminho para evitar congestionamentos em redes cheias cortando-se dados em uma extremidade e colocando de volta em outra.

A França também fez sua parte.

Eles trabalhavam em uma rede científica chamada CYCLADES mas não tinham um grande orçamento, então decidiram trabalhar em conexões diretas entre computadores, em oposição ao trabalho com computadores gateway.

Agora, como um aparte aqui, isso, assumidamente não é muito científico, mas, de acordo com uma teoria, um spin-off da sua pesquisa foi a palavra "internet".

Mas você não precisa acreditar isso se não quiser.

Então, agora é início da década de 1970.

Há muita infraestrutura de computação, mas a comunicação é estranha e irregular, pois diferentes redes não conseguem falar umas com as outras.

TCP IP resolve esse problema.

Os protocolos TCP IP formam a linguagem básica da internet, que etiqueta os pacotes de dados e certifica que mesmo algumas partes dos mesmos dados tomem uma rota diferente, todos eles cheguem ao seu destino e possam ser remontados.

Redes começaram a se comunicar umas com as outras in 1975, quando você pode dizer que foi o início da internet.

E-mail também foi muito importante.

Ele foi desenvolvido para a ARPANET em 1972.

A maior parte do tráfego de internet em 1976 era correio eletrônico, porque acadêmicos pensaram que notas eletrônicas estavam mortas.

Com redes que poderiam se falar, a comunicação estava começando a ficar mais fácil.

Mas toda essa comunicação era apenas baseado em textos, e isso era lindamente feio de olhar.

Nos anos 80, um britânico chamado Timothy Berners-lee trabalhava no CERN, a Oranização Europeia para Pesquisa Nuclear, onde físicos trabalhavam sobre de que o universo é feito.

Ele quis administrar a informação dos cientistas e tornar possível para eles partilharem e interconectarem seu trabalho facilmente.

Fazendo progresso mais provavelmente.

Ele inventou uma interface usando HTTP, HTML, e URLs que tornaram possíveis os navegadores de internet.

Ele chamou seu navegador de World Wide Web - WWW

Ele não inventou a internet, mas ele inventou a Web.

O primeiro website, que ele criou, foi no CERN na França em agosto de 1991.

Então, uma vez que a infraestrutura inicial estava no lugar, as tecnologias-chave tinham sido inventadas,

quadros de mensagem explodiram em 1980, as companhias de telefone viram o potencial comercial da comunicação digital,

navegadores se espalharam como fogo no início da década de 1990, e pessoas comuns descobriram o E-mail,

aí a internet se expandiu rápida e firmemente e tornou-se acessível para as massas em meados de 1995.

Segure essa, o vice presidente dos EUA Al Gore não inventou a internet?

Ugh... não.

E se você leu o que ele disse exatamente, saberá que ele nunca alegou ter feito.

Mas muitas pessoas creditam a ele energicamente empurrando a lei que encorajou a disseminação da internet


A internet existe porque nós precisamos nos comunicar, e a maioria de nós adora fazer isso.


Isso porque humanos se tornaram a espécie dominante na Terra.


Você pode argumentar que a internet é um passo evolucionário natural e a manifestação do que precisamos.


Elas não foi inventada por ninguém em particular, mas quando os blocos de construção foram juntados por todos aqueles cientistas maneros e todos os lugares, a internet se tornou uma ferramenta de comunicação, de varejo, de pesquisa, de propaganda, de espionagem, de compras, de dados, de entretenimento,


e um meio de polir o trabalho enquanto faz parecer que está trabalhando ou estudando, que é o que você devia estar fazendo agora.


Ultimamente, pense, você se comunica, especialmente se você deixa um comentário, e isso pode fazer de você um ser humano melhor.


Publicidade:


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...