05 fevereiro 2014

Alerta: Adobe lança atualização de emergência para seu sistema operacional


Isso mesmo seu sistema operacional está vulnerável, seja ele Windows, Mac ou Linux.

A Adobe lançou hoje um boletim de segurança endereçando uma vulnerabilidade crítica (CVE-2014-0497) em seu produto Flash, que poderia permitir que um invasor assuma remotamente o controle de um sistema afetado. A empresa diz que está ciente dos relatórios que a falha de segurança está sendo explorado em estado selvagem. 
As versões afetadas incluem Flash Player 12.0.0.43 e anteriores para Windows e Macintosh, bem como Flash Player 11.2.202.335 e anteriores para Linux. Como tal, a Adobe recomenda que os usuários atualizem suas instalações de produtos para as versões mais recentes:

  • Os usuários do Adobe Flash Player 12.0.0.43 e versões anteriores para Windows e Macintosh deve atualizar para o Adobe Flash Player 12.0.0.44.
  • Os usuários do Adobe Flash Player 11.2.202.335 e versões anteriores para Linux deve atualizar para o Adobe Flash Player 11.2.202.336.
  • Adobe Flash Player 12.0.0.41 instalado com o Google Chrome será automaticamente atualizado para a versão mais recente do Google Chrome, que inclui o Adobe Flash Player 12.0.0.44 para Windows, Macintosh e Linux.
  • Adobe Flash Player 12.0.0.38 installed with Internet Explorer 10 will automatically be updated to the latest Internet Explorer 10 version, which will include Adobe Flash Player 12.0.0.44 for Windows 8.0.
  • Adobe Flash Player 12.0.0.38 instalado com o Internet Explorer 11 será automaticamente atualizado para a versão mais recente do Internet Explorer 11, que irá incluir o Adobe Flash Player 12.0.0.44 para o Windows 8.1.
Se você utiliza o Adobe Flash Player que vem nos navegadores Google Chrome e Internet Explorer, se quiser para garantir a segurança pode fazer download do Adobe Flash Player para o computador clicando aqui.


No Linux a Adobe classificou essa vulnerabilidade como de prioridade 3 inferior ao do Windows e Mac que foi classificada como prioridade 1 já que estes dois sistemas são mais visados para ataques hacker.

Fonte: The Next Web



Publicidade:


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...