13 fevereiro 2017

Fonte imagem https://www.tecmundo.com.br/whatsapp/114123-whatsapp-tem-verificacao-duas-etapas-celular-veja-ativar.htm

Ativar a verificação em duas etapas no WhatsApp permite aumentar sua segurança na utilização do aplicativo uma vez que se alguém desejar utilizar seu número para se cadastrar será necessário além da confirmação do número, digitar um código de acesso de 6 dígitos configurados previamente ou utilizar um email que você configurou para recuperar o código caso esqueça ele.

Essa funcionalidade está disponível para as versões mais recentes do aplicativo, basta acessar as "configurações" > "conta" > "Verificação em duas etapas" > insira um código de 6 dígitos e em seguida um email. 

Isso evita que se alguém clonar seu chip tenha acesso ao seu WhatsApp. Mesmo assim este método não evita outros tipos de ataques como a clonagem dos dados do app, ataques a versão web do aplicativo ou mesmo a captura do banco de dados e a chave ou clonagem da memória.

12 fevereiro 2017

Este artigo faz parte do projeto #LTCode

Antes de começar, confira a resolução do #Desafio_5:

Dúvidas? Comente abaixo.

Agora vamos fazer exercício para ver se você entendeu todo o processo! Escreva um programa que converta ºC para ºF.  Para ajudar deixarei a fórmula de conversão: F=(C*9+160)/5 . Recomendo fazer todos os passos aprendidos para não ficar perdido.


Fez? Lá vem a solução abaixo:

Vamos aprender agora sobre tipos de variáveis, constantes e operadores. 


Tipos de variáveis: uma variável pode assumir um dos seguintes tipos abaixo.

  • Tipo real: utilizada para armazenar valores numéricos reais (conjunto dos números reais), números com pontos. Ex.: valor_da_compra : Real
  • Tipo inteiro: utilizada para armazenar valores inteiros, positivos ou negativos. Ex.: numero_de_filhos : Inteiro
  • Tipo caractere: define variáveis do tipo string, ou seja, cadeia de caracteres. Ex.: nome : Caractere
  • Tipo logico: armazenar valores lógicos, ou seja, assume valor de VERDADEIRO ou FALSO. Ex.:cadastro_novo : logico
Constantes: os valores das variáveis podem ser alterado ao longo do seu algoritmo, então para armazenar valores que não se alteram utilizamos as constantes. Exemplo:


Algoritmo "somardoisnumerosemultiplicar"
// Data:
// Autor:
// Função:
// Seção de Declaração:
const 
valor = 5
Var
// Seção de Declarações das variáveis 
n1, n2, resul: real

Inicio
// Seção de Comandos
Escreval ("Este programa soma dois números e multiplica por 5")
Escreva  ("digite um numero: ")
leia     (n1)
Escreva ("digite outro numero: ")
leia     (n2)
resul <- (n1+n2)*valor
Escreval ("o resultado foi", resul)

Fimalgoritmo

Caso o algoritmo não precise de constantes, a seção "const" não deve existir.

Operadores aritméticos: são símbolos que representam operações matemática. Confira abaixo quais são os símbolos em ordem de procedência:

* Multiplicação
/ Divisão

% Resto da divisão inteira
+ Adição
- Subtração

Espero que fique claro também que utiliza-se somente parênteses ( ), pois não há não há colchetes [ ] ou chaves { }. Sendo assim, primeiro se resolve as expressões contidas nos parênteses mais internos, seguindo a ordem de precedência entre operadores, passando depois para os parênteses mais externos.

É isso, recomendo revisar esta aula novamente e brincar com o visualg, pois hoje não tem desafio, relaxa na próxima aula terá.

>> Próxima aula, clique aqui (em breve)

09 fevereiro 2017


No vídeo abaixo é demonstrado como é possível fazer recuperação de dados (chats, imagens e conversas) deletadas do aplicativo WhatsApp.


Todo o processo só é possível fazendo uma clonagem da memória, seja do computador ou smartphone, e posteriormente fazer uma análise em busca destes dados que não estarão criptografados pois estavam na memória!

Os programas utilizados no vídeo foram:
  • DumpIt para realizar a clonagem da memória
  • WinHex para abrir e analisar o arquivo gerado pelo DumpIt
No vídeo foi feita a clonagem da memória após a utilização do WhatsApp Web, assim foi possível capturar as mensagens enviadas, além de identificar número de telefone de usuários e administradores dos grupos que o usuário estava participando.

Fonte: José Milagre

recovery data, hacked, tutorial, numbers, admin, clone,

05 fevereiro 2017

Este artigo faz parte do projeto #LTCode

Antes de começar vamos resolver o #Desafio_4: criar fluxograma do algoritmo somar dois números.
Início > Entrada de dados > Processamento de dados > Exibir resultado do cálculo > Fim.

Finalmente! Bora para a parte que interessa. 

Pseudocódigo é uma forma genérica de escrever um algoritmo, utilizando uma linguagem simples (nativa a quem o escreve, de forma a ser entendida por qualquer pessoa) sem necessidade de conhecer a sintaxe de nenhuma linguagem de programação. Um exemplo de pseudocódigo é o Portugol, que utiliza o software compilador VisuALG. - Wikipédia.

Bom, nós vamos ensinar a escrever um pseudocódigo para você ir se familiarizando com a estrutura de uma linguagem de programação.

Antes precisamos montar nosso raciocínio lógico, narração e fluxograma para facilitar:
Fluxograma

Raciocínio Lógico
Passo 2:    N1             N2                R  (variáveis)
Passo 1:    7      +       3       =        10 (usuário)

Passo 3:   10      <-     7  +  3  (computador)
Passo 4:   R        <-    N1 + N2 (fórmula)


Narração
1º Escreva primeiro número
2º Leia primeiro número
3º Escreva segundo número
4º Leia segundo número
5º Multiplicar os dois números
6º Mostrar resultado na tela




~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Agora montamos o pseudocódigo abaixo:

Algoritmo "somardoisnumeros"
// Data:
// Autor:
// Função:
// Seção de Declaração:

Var
// Seção de Declarações das variáveis
N1, N2, R : Real

Inicio
// Seção de Comandos
Escreval ("Este programa soma dois números: ")
Escreva  ("Digite o primeiro número: ")
Leia       (N1)
Escreva  ("Digite o segundo número: ")
Leia       (N2)
R <- N1 + N2
Escreval ("O resultado da soma foi: ",R)

Fimalgoritmo

O que está em azul não podemos alterar. 
O que está em verde são comentários que iniciam-se por // e não nos interessa por enquanto.
O que está neste outro tom de azul são comandos.

Vamos entender esse pseudocódigo por partes - o que estiver de laranja é nossa explicação: 

1ª Parte

Algoritmo "somardoisnumeros" // inserimos o que o programa faz entre as aspas
// Data:
// Autor:
// Função:
// Seção de Declaração:

2ª parte

Var
// Seção de Declarações das variáveis
N1, N2, R : Real // aqui declaramos as variáveis

Por enquanto vamos aprender a declarar variáveis apenas do tipo Real (sim, ela armazena números do conjunto real), então apenas decore que após declarar as variáveis é necessário colocar dois pontos e seu tipo Real.

3ª parte

Inicio
// Seção de Comandos 
Escreval ("Este programa soma dois números: ") // descrevemos o programa
Escreva  ("Digite o primeiro número: ") // pedido para o usuário inserir um número
Leia       (N1) // o algoritmo vai guardar o número digitado na variável N1
Escreva  ("Digite o segundo número: "// pedido para o usuário inserir mais um número
Leia       (N2) // o algoritmo vai guardar o número digitado na variável N2
R <- N1 + N2 // fórmula que será usada pelo algoritmo para fazer a operação
Escreval ("O resultado da soma foi: ",R) // colocamos ,variável para mostrar o resultado

Fimalgoritmo

Bom, o que está entre aspas e de vermelho acima, são as mensagens que vão aparecer na tela. O comando Escreval permite exibir uma mensagem e quebrar linha (pular para linha de baixo), confira na imagem abaixo como seria exibido o programa para o usuário:



#Desafio_5: esse desafio será mais complexo, confira a imagem abaixo


Sua tarefa é baixar o VisuALG (clique aqui para baixar, embora seja para Windows você pode emular ele em algum software para Linux que rode programas .exe), depois de baixá-lo descompacte com o Winrar ou outro software em alguma pasta. Então execute o visualg.exe quando abrir apague todo o código e faça um pseudocódigo que DIVIDA DOIS NÚMEROS; para rodar seu código.. basta apertar a tecla F9. Boa sorte !

Use sua lógica e comente abaixo como ficou seu pseudocódigo, na próxima aula você poderá comparar a solução.

>> Próxima aula, clique aqui

31 janeiro 2017



Bom, foi publicado no site epoca.globo.com que: "Aluna nota 1.000 no Enem é hackeada e inscrita em produção de cachaça", segundo o portal "hackers invadiram o site do Ministério da Educação e alteraram as opções de cursos de estudante".



Não acredito que o site do Ministério da Educação tenha sido invadido, provavelmente alguém mal intencionado simplesmente mudou a senha da conta dela. Mas como? Existem vários métodos para se conseguir a senha de um usuário, a hipótese mais simples é de que ela não caiu em página falsa (phishing) mas sim alguém que teve acesso aos seus dados pessoais tenha conseguido mudar a senha.



Como podem observar na imagem que ilustra este artigo, para mudar a senha de inscrição do ENEM é muito simples. São necessário dos seguintes dados: CPF, data de nascimento, nome da mãe, Estado e município em que a pessoa reside. Mas como conseguir esses dados sem ter contato com a vítima? Como já noticiamos aqui e aqui é muito simples conseguir na internet essas informações, seja pagando um valor monetário a sites que disponibilizam essas informações no 'mercado negro' ou conseguindo contas do Sistema de Cadastramento de usuários do SUS (CADSUS), clicando aqui você lê um artigo sobre seus dados estarem expostos.



Então fique de olho na sua incrição do SISU e Prouni até o ultimo segundo.

29 janeiro 2017

Este artigo faz parte do projeto #LTCode

Resolução do #Desafio_3: subtrair dois números

Raciocínio lógico:
Passo 2:    N1             N2                R
Passo 1:    10      -       6       =        4
-----------------------------------------------------------------------------------------
Passo 3:   4      <-     10  -  6
Passo 4:   R        <-    N1 - N2

Narração:
1º Escreva primeiro número
2º Leia primeiro número
3º Escreva segundo número
4º Leia segundo número
5º Subtrair os dois números
6º Mostrar resultado na tela

Depois dessa aula partiremos para o código (eu sei que está ansioso – 화이팅!¹). Então, o que é Fluxograma? 

Fluxograma é um tipo de diagrama, e pode ser entendido como uma representação esquemática de um processo ou algoritmo, muitas vezes feito através de gráficos que ilustram de forma descomplicada a transição de informações entre os elementos que o compõem, ou seja, é a sequência operacional do desenvolvimento de um processo. - Wikipédia.

Os símbolos que vamos utilizar no fluxograma são:
Vamos montar um fluxograma com base no raciocínio lógico e narração do #Desafio_3. Confira como fica o fluxograma do algoritmo: Subtrair dois números


-No símbolo de terminal temos o "Início" do algoritmo.
-No símbolo de entrada manual colocamos as variáveis que representam os números que o usuário digitará.
-No símbolo de processamento colocamos a fórmula que o computador usará para calcular.
-No símbolo de exibir/saída colocamos a variável que desejamos mostrar na tela como resultado.
-E por ultimo, no símbolo de terminal temos o "Fim" do algoritmo.

É isso por enquanto! #Desafio_4: criar fluxograma do algoritmo somar dois números.

Use sua lógica e comente abaixo como ficou seu fluxograma, na próxima aula você poderá comparar a solução.

>> Próxima aula, clique aqui

1- 화이팅: expressão coreana com mesma pronúncia do inglês fighting, usei no sentido "não desista, continue estudando!".

28 janeiro 2017


No tutorial em vídeo abaixo é demonstrado como é possível capturar login's e senhas de usuário de sites em uma rede fazendo DNS hijacking e phishing.

Para se fazer este ataque primeiramente se clonou uma página para criar uma página fake (falsa) do site (Facebook) que queríamos capturar os dados com a ferramenta Social Engineering Toolkit (SET), depois alterou-se manualmente o DNS do roteador (pode ser modem também) trocando para o IP da máquina Kali. Assim utilizamos a ferramenta DNSChef para que as requisições para determinado site seja redirecionada para nosso servidor apache e as demais sejam redirecionadas para o DNS do Google permitindo que o alvo tenha acesso normal à internet.



Como se proteger desse tipo de ataque apresentado? Bom se você tiver acesso ao roteador/modem é recomendado definir uma senha, que não seja aquelas senhas padrão, para evitar que qualquer um entre nas configurações dele e altere o DNS.

24 janeiro 2017

Se você tem uma máquina com Windows 10 e sempre que o Windows update pede para você reiniciar o computador e instalar as atualizações você permite que ele instale elas e depois de terminar de instalar você se depará com uma mensagem mais ou menos assim: RESTAURANDO A VERSÃO ANTERIOR DO WINDOWS.

Pois é meu amigo, seu Windows está enfrentando problemas para instalar as atualizações e como não consegue instalar elas ele remove elas ... e esse processo todo pode demorar horas. Agora seus problemas acabaram, depois de inúmeras pesquisas na internet.. encontrei uma solução!

Siga os passos abaixo para resolver seu problema:

1. Inicialização limpa.

Aperte Win + R  e digite o comando msconfig , em "serviços" marque a opção "ocultar todos os serviços da Microsoft" e depois clique em "desativar tudo" -> Aplicar e Ok! Feche a janela.

2. Limpeza de disco e arquivos desnecessários nas pastas temporárias.

a) Aperte Win + R e digite o comando cleanmgr para abrir o painel de Limpeza de disco do Windows, após a analise marque todas as caixas de seleção e também a opção " Limpar arquivos do Sistema", confirme as exclusões, aguarde a finalização e feche a janela.

b) Aperte Win + R e digite os comandos abaixo, um por um, seguidos de Enter, quando surgir uma pasta, selecione e delete todos os arquivos possíveis, alguns arquivos não podem ser deletados, clique em ignorar e passe para o comando seguinte:

%temp%

temp

prefetch

3-Renomeie SoftwareDistribution.

1. Pressione as teclas Windows + X e clique em Prompt de comando (Admin) e pressione Enter. Por favor, execute o seguinte comando na janela aberta: 

 net stop wuauserv 

 2. Pressione as teclas Windows + R, digite: %windir% e pressione Enter. 
 3. Agora renomeie a pasta SoftwareDistribution para SoftwareDistribution.old 
 4. Pressione Windows + X e clique em Prompt de comando (Admin) e pressione Enter. Por favor, execute o seguinte comando na janela aberta: 

  net start wuauserv

4- Desinstalar antivírus e desconectar itens de hardware irrelevantes a instalação.

O antivírus pode em alguns casos barrar as atualizações por não reconhecer a atualização como um programa confiável, por isso a necessidade de remove-lo. 
  1. Pressione as teclas Windows + R, digite appwiz.cple clique OK;
  2. Encontre na lista o antivírus que você está utilizando;
  3. Clique com o botão direito do mouse em cima do programa e na opção Desinstalar;
  4. Desconecte Impressora, HDs externos, cartões de Memória e Webcams e todos itens irrelevantes a instalação, com exceção da mídia de instalação, teclado e mouse.
  5. Reinicie o computador e passe ao último passo.

5-Criar a mídia de instalação do Windows 10.

Clique aqui e acesse o site da Microsoft, no site clique em "baixar a ferramenta agora", então você vai baixar o programa "MediaCreationTool", após terminar de baixar execute-o como administrador. Aceite os termos de uso e em seguida você terá duas opções "Atualizar este computador agora" ou "Criar mídia de instalação para outro computador", caso o Windows com problema seja o que você está usando então selecione a primeira opção. Caso opte por criar mídia.. será necessário um pendrive de 4Gb ou DVD de 4,7Gb, é obrigatório baixar a mesma versão do Windows 10 instalada atualmente, aperte Win + Pause para mostrar um painel com as informações do Sistema, nele você encontra a versão do seu Windows 10,  pode ser Windows 10 Home ou Pro, neste caso selecione a opção "Windows 10" ou se for "Windows 10 Home Language", selecione esta opção -> Escolha o idioma e a arquitetura de 32 ou 64bit(recomendada). Seja lá qual for a sua escolha, selecione instalar agora.. seu dados e programa não serão apagados (a não ser que opte por isso mexendo nas configurações...), enfim quando terminar de instalar o Windows seus problemas com atualização estarão corrigidos!

Fonte: answers.microsoft.com

22 janeiro 2017

Este artigo faz parte do projeto #LTCode

Nas aulas anteriores você aprendeu a construir seu raciocínio lógico e fazer narração. Nesta aula vamos aprender sobre variáveis.

Usamos variáveis para reservar um espaço na memória para o armazenamento de dados temporários. Então, para solicitamos ao computador para armazenar/guardar esses dados (seja um nome, número ou outros tipos de dados) é necessário declarar as variáveis.

Na aula 2 quando aprendemos sobre narração, você notou que usamos duas palavras como comando: Escreva e Leia .

A palavra Leia foi nosso comando para que os dados inseridos pelo usuário seja guardado em uma variável. Exemplo e solução do #Desafio_2 (o que está em vermelho são comentários nosso):


1º Escreva primeiro número (aqui narramos que o usuário vai digitar um número)
2º Leia segundo número (o algoritmo vai ler e GUARDAR o número inserido)
3º Escreva segundo número (narramos que o usuário vai inserir outro número)
4º Leia segundo número (o algoritmo vai ler e GUARDAR o número inserido)
5º Multiplicar os dois números (o algoritmo vai multiplicar os números armazenados)
6º Mostrar resultado na tela (o algoritmo vai retornar o resultado da operação)

Existem duas regras para a declaração de variáveis:
  1. variável não começa por número
  2. variável não tem acento
Fique atento:
-Não utilize caracteres especiais como " , ( ) / * ; + .
-Não coloque espaços brancos ou hifen entre nomes (se necessário use underline ex.: limon_tec)

Vamos montar abaixo nosso raciocínio lógico de um algoritmo que multiplica dois números:

Passo 2:    N1             N2                R  (variáveis declaradas)
Passo 1:    6      *       5       =        30 (o que o usuário quer)
-----------------------------------------------------------------------------------------
Passo 3:   30      <-     6  *  5  (raciocínio do computador)
Passo 4:   R        <-    N1 * N2 (fórmula)

No passo 1 temos os valores que o usuário quer calcular, assim no algoritmo acima o usuário quer multiplicar 6*5 que dá como resultado 30. 

No passo 2 temos as variáveis. Se nosso algoritmo vai somar apenas dois números, por lógica deduzimos que será necessário três variáveis! Sendo uma para receber o primeiro número (N1), outra para receber o segundo número (N2) e a terceira para mostrar o resultado na tela (R). O nome das variáveis você escolhe, eu escolhi N1, N2 e R pois é recomendado criar variáveis com nomes sugestivos, por exemplo se o resultado fosse o calculo de um salário eu chamaria de salário e não de R.

No passo 3 temos demonstrado como é feita a operação pelo computador, para o computador 30 recebe 6*5.

No passo 4 é a fórmula utilizada para os valores que forem inseridos pelo usuário, se o usuário quiser multiplicar 1*3 ou 6*5 a fórmula será sempre a mesma: R <- N1 * N2 

Agora para finalizar vamos voltar na narração para deixar as coisas mais claras:

1º Escreva primeiro número (o usuário digita o número 6)
2º Leia primeiro número (o algoritmo vai ler o 6 e guardar-lo em N1)
3º Escreva segundo número (o usuário digita o número 5)
4º Leia segundo número (o algoritmo vai ler o 5 e guardar-lo em N2)
5º Multiplicar os dois números (o algoritmo vai multiplicar os números armazenados)
6º Mostrar resultado na tela (vai mostrar o valor da operação armazenado em R)

#Desafio_3: criar raciocínio lógico e narração

Algoritmo: subtrair dois números

Use sua lógica e comente abaixo como ficou seu algoritmo, na próxima aula você poderá comparar a solução.

>> Próxima aula, clique aqui

17 janeiro 2017


Se ao tentar iniciar o Windows você se depara com a tela acima (error 0xc0000034 referente ao arquivo \BCD) , nós temos algumas soluções para este problema.

Você vai precisar de uma mídia com a versão do Windows nela. No meu caso utilizei um pendrive com Windows 10 para resolver este problema que aconteceu após excluir um negócio referente ao MBR pelo cmd...

Enfim, em um computador funcionando, clique aqui para você poder baixar uma ferramenta para criação de mídias com Windows 10. No site clique em "Baixar a ferramenta agora" para iniciar o download. Depois execute a ferramenta (MediaCreationTool) como administrador, aceite os termos de uso, selecione "criar mídia de instalação para outro computador", deixe marcado "usar as opções recomendadas para este computador" e então selecione o tipo de mídia que deseja criar: unidade flash (pendrive) ou arquivo iso (para depois ser gravado em DVD), no caso usei um pendrive para criar a mídia. 

Depois que o programa criar a mídia insira o pendrive no computador com Windows defeituoso e dê boot no pendrive pela BIOS, por causa da interface da BIOS variar de computador para computador... pesquise na internet como dar boot no pendrive no seu modelo de computador/bios.

Dado o boot, aparecerá o menu, nele clique em avançar e quando aparecer para instalar o Windows 10... procure no canto inferior esquerdo da janela algo como "reparar seu computador". Clicando nisso, procure por "Solucionar problemas" ou "Troubleshoot"... uma nova janela abrirá e nela selecione Command Prompt (cmd), na tela preta que abrir digite os seguintes comandos seguidos de enter:
  • bootrec /RebuildBcd
  • bootrec /fixMbr
  • bootrec /fixboot
  • Exit
Provavelmente quando digitar "bootrec /RebuildBcd" na janela pedirá para selecionar seu Windows... basta ler e interpretar (deduzo que se chegou até aqui, consegue entender o resto.. esqueci de tirar foto).

Agora você pode reiniciar seu computador... se tudo tiver dado certo provavelmente seu Windows já vai carregar normalmente e com todos dados intactos. Caso se depare com uma tela preta para digitar comandos, tente digitar "bootsect /nt60 SYS" ou "bootsect /nt60 ALL" sem aspas... provavelmente resolverá também.

15 janeiro 2017


Nós já fizemos um tutorial sobre como usar duas contas no WhatsApp e outros apps, mas como tudo na tecnologia, o método já ficou ultrapassado. Agora um método mais simples surgiu inclusive para usuários que não tem root.

Aplicativos como Parallel Space (clique aqui para baixar) e GO Multiple (clique aqui para baixar) permitem você usar várias contas diferentes em vários aplicativos. Assim você poderá ter dois WhatsApp, Facebook, Instagram, Telegram no mesmo celular.

*Os apps citados tem como referência a plataforma Android.